Seaso

 Sexta-feira, 20.10.2017

 

 
2- SETOR DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO.
2.1- IRSAS
O Sistema de Informatização da Rede de Serviços de Assistência Social - IRSAS éum instrumento gerencial que busca incrementar e facilitar o funcionamento da rede de serviços socioassistenciais criando mecanismos que possibilitam a integração destes serviços viabilizando a concretização, com eficiência e qualidade, da intersetorialidade, do trânsito de informações e da referência e contrarreferência, a partir de diferentes níveis de acesso dos operadores, garantindo o sigilo profissional e a integridade da identidade do usuário.
Oprocesso de construção desse Sistema foi iniciado em Janeiro/2010 e finalizado em Setembro/2010, aprovado através da Resolução n° 030/2010 do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS. Sua implantação ocorreu inicialmente nas unidades de atendimento governamentais, sendo posteriormente expandida às unidades de atendimento não governamentais da rede socioassistencial e também a algumas unidades das políticas setoriais.
O Sistema IRSAS é resultado de uma construção coletiva realizada no decorrer do ano de 2010, sendo que esse processo iniciou-se com a contratação de uma assessoria especializada, a qual trabalhou em conjunto com técnicos da Secretaria de Assistência Social e representantes dos serviços socioassistenciais na definição das informações a serem armazenas pelo Sistema, dos fluxos de transito de informação, das formas e dos níveis de acesso. Como resultado da assessoria, no segundo semestre de 2010, o Sistema foi entregue ao município e implantado na rede mundial de computadores estando disponível desde então para o registro de informações relativo aos atendimentos realizados nos serviços socioassistenciais do município.
Desde então, o Sistema encontra-se em constante processo de evolução, pois como é de propriedade da Secretaria Municipal de Assistência Social, é possível que o mesmo seja aprimorado de forma a atender as necessidades da Política de Assistência Social.
A partir da disponibilização do Sistema IRSAS houve um esforço coletivo dos trabalhadores para utiliza-lo como forma oficial de registro de informação, pois conforme trata o Art. 2° do Decreto Municipal n° 9.457/2010, o mesmo se constitui como sistema de prontuário e cadastro digital no qual serão inseridos os dados cadastrais de todos os beneficiários desta política pública, bem como todas as informações correspondentes e necessárias ao efetivo atendimento, seja ele relacionado à inserção em benefícios e/ou serviços. Diante disso, os dados apresentados referentes à Secretaria Municipal de Assistência Social tem por fonte principal o referido Sistema. 
Atendendo as diretrizes estruturantes da gestão do SUAS a rede socioassistencial do município de Cascavel está dividida em territórios conforme áreas de abrangências dos CRAS, os quais estão contemplados no IRSAS, a fim de auxiliar a execução dos serviços socioassistenciais a partir do princípio da territorialização.
 
 Acesse aqui:

NOVA TERRITORIALIZAÇÃO

 
2.2 –   Registros nos Sistema da REDE SUAS
A Rede Suas é composta por ferramentas que realizam registro e divulgação de dados sobre recursos repassados; acompanhamento e processamento de informações sobre programas, serviços e benefícios socioassistenciais; gerenciamento de convênios; suporte à gestão orçamentária; entre outras ações relacionadas à gestão da informação do Suas. Organiza a produção, o armazenamento, o processamento e a disseminação dos dados. Com isso, dá suporte a operação, financiamento e controle social do SUAS e garante transparência à gestão da informação. A Rede SUAS é coordenada pelo MDS, sendo que os Municípios realizam a alimentação de alguns sistema, bem como tem acesso a todas as  informações armazenadas.


2.2.1 - Sistema de Registro Mensal de Atendimentos dos CRAS e CREAS
Registro mensal de informações relativas aos serviços ofertados nos Centros de Referência da Assistência Social – CRAS, nos Centros de Referência Especializados da Assistência Social - CREAS, e nos Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua – Centro Pop.
 
2.2.2 - SuasWeb
O Suasweb é o sistema de funcionalidades específico para a gestão do SUAS, e compreende informações sobre: Plano de Ação (planejamento das ações co-financiadas); Demonstrativo Sintético de Execução Físico-Financeira (prestação de contas); Consulta a dados financeiros (contas correntes, saldos e repasses); Consulta a base cadastral dos beneficiários do BPC (benefício de prestação continuada)
Os módulos Plano de Ação e Demonstrativo Sintético são abertos anualmente para preenchimento por parte dos gestores e aprovação pelos conselhos de assistência social, os quais possuem login e senha individualizado.
2.2.3 - Cad SUAS 
O CadSUAS é o Sistema de Cadastro do SUAS (Sistema Único de Assistência Social). Nele são inseridas informações cadastrais da Rede Socioassistencial, Órgãos Governamentais e trabalhadores do SUAS.
2.2.4 - CENSO SUAS
 
É um instrumento de coleta de dados eletrônico, preenchido pelos municípios. É fundamental para a qualidade dos serviços socioassistenciais, da gestão e do controle da política de assistência social, construindo um processo imprescindível para tornar eficaz a organização descentralizada, participativa e integrada que o sistema requer.
 
2.3 – CADASTRO ÚNICO PARA PROGRAMAS SOCIAIS
O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias brasileiras de baixa renda. Sua função é manter um registro de todas as famílias de baixa renda num único cadastro. Por isso, é uma importante ferramenta de apoio à ação dos gestores municipais que atuam na área social, pois além de servir como referência para diversos programas sociais, permite que os municípios e os estados conheçam melhor os riscos e as vulnerabilidades as quais sua população está exposta.
O Cadastro Único possui informações sobre as condições sociais de todos os seus cadastrados. Isso origina um gigantesco banco de dados que permite conhecer, de forma detalhada a realidade socioeconômica dessas famílias, incluindo informações como: características do domicílio, formas de acesso a serviços públicos essenciais e dados de cada um dos componentes da família. Em outras palavras, permite conhecer melhor as famílias de baixa renda, suas demandas, vulnerabilidades e potencialidades, podendo ser empregado para auxiliar na seleção de públicos-alvo e no desenho de políticas públicas capazes de promover a melhoria das condições de vida dessa população.
O Cadastro Único é coordenado pelo MDS, e operacionalizado pelo Município.
O público alvo do cadastro único são as famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa. Famílias com renda superior a esse critério poderão ser incluídas no CadÚnico, desde que sua inclusão esteja vinculada à seleção ou ao acompanhamento de programas sociais implementados pela União, estados ou município. Segue os programas sociais que utilizam o Cadastro Único para selecionar seus beneficiários:
 
• Programa Bolsa Família (PBF).
• Tarifa Social de Energia Elétrica.
• Brasil Alfabetizado.
• Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI).
• Carteira do Idoso.
• Minha Casa Minha Vida e outros programas habitacionais
(Ministério das Cidades).
• Isenção de taxa para concursos públicos.
• Programa Passe Livre (Ministério dos Transportes).
• Telefone Popular (Acesso Individual Classe Especial – Aice).
• Aposentadoria para pessoa de baixa renda.
• Programa Mais Educação.
• Ação Brasil Carinhoso.
• Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego
(Pronatec).
• Carta Social.
É importante salientar que o cadastramento não significa a inclusão automática da família nos programas sociais. A seleção e o atendimento da família por esses programas ocorrem de acordo com os critérios e procedimentos de cada um.
 
 Documentos Necessários para o cadastramento:     
OBS: Trazer os documentos ORIGINAIS de todas as pessoas que moram na casa. 
  Carteira de Trabalho (de todos que tiverem)
 Certidão de Casamento (do casal, se for o caso)
 Certidão de Nascimento (de todos) 
Comprovante de Renda (último holerite) de todos que trabalham
 Comprovante de Residência (conta de água ou luz) - ATUAL 
 Carnê do IPTU ou da Coleta de Lixo 
 CPF (de todos que tiverem) 
 Declaração de Matrícula (de quem tiver estudando) - atual 
 Identidade (de todos que tiverem) 
 Título de Eleitor (de todos que tiverem).