Seagri

 Domingo, 30.04.2017

CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL- COMDER

 

Criado pela Lei n 4174 de 23 dez de 2005, tem como objetivo racionalizar a atuação dos organismos e entidades públicas e privadas na área de desenvolvimento rural pela conjugação de esforços e ações, visando aumentar a eficiência dos trabalhos comuns e específicos do desenvolvimento rural.

Funções:

I - Incentivar a formação e manutenção de um banco de dados para subsidiar a demanda de informações sobre a produção rural;

II- Estabelecer prioridades para a política de desenvolvimento rural;

III- Bucar cosntantemente a formação de parcerias entre as entidades ligadas ao agronegócios;

IV- Indicar prioridades e supervisionar as aplicações e prestações de contas do fundo municipal de desenvolvimento rural;

V- Normatizar o repasse de apoios entre a Secretaria Municipal de Agricultura e os beneficiários dos recursos do fundo;

VI- Avaliar programas no plano de desenvolvimento rural.

Para que todos possam se programar, segue abaixo calendário de reunião para o ano de 2013, conforme combinado na primeira reunião no show rural (última quinta feira de cada mes).
 
Todas as reuniões estão agendadas no sindicato rural de cascavel a partir das 14h.
 
Maio - 29
Junho - 27
Julho - 25
Agosto - 29
Setembro - 26
Outubro - 31
Novembro - 28
Dezembro - 19
 
Atenciosamente
 
Valmor Pietsch
Presidente do COMDER

Ações com verbas do COMDER:

 

Seagri entrega doses de sêmen a produtores rurais

Na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, foi entregue 600 doses de sêmen de bovinos leiteiros, reunindo cerca de 50 produtores de doze condomínios de inseminação artificial que foram beneficiados nesta primeira etapa. O evento aproveitou uma reunião do COMDER – Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural para fazer a entrega do material genético que fora comprado com verbas deste conselho e aproveitar para agradecer aos conselheiros o crédito ao programa de inseminação artificial com verbas de incentivo a atividade leiteira de nosso município. O programa de inseminação artificial em condomínios de cascavel conta hoje com 28 condomínios implantados em todas as bacias leiteiras do município fomentando a produção com melhoria de qualidade genética dos animais leiteiros e conseqüente aumento de produção e renda ao produtor de nosso município. A SEAGRI, através de seus técnicos e com o apoio da emater, fomenta a atividade leiteira com botijões de IA, treinamentos e visitas técnicas freqüentes. Após os trabalhos, conselheiros e produtores confraternizaram com um jantar no espaço verde.

 

SEAGRI ENTREGA:

Durante a EXPOVEL-2012, foi entregue dois botijões de IA  para dois novos Condomínios de Inseminação Artificial, com verbas oriundas do FUMDER para as comunidades de São João e Alto Alegre. Na solenidade se fizeram presentes o Presidente do COMDER, Secretário de Agricultura e demais autoridades.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Convocamos a todos os membros do COMDER para a Audiência Pública que será realizada no dia 08/07 sobre a PROPOSTA DE REVISÃO DO REGULAMENTO DA FEIRA DO PEQUENO PRODUTOR DE CASCAVEL.
Lembramos e convocamos a todos para reunião do COMDER que será realizada no dia 27/06.
Atenciosamente
 
Valmor Pietsch
Presidente do COMDER
------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA No 001/2013
 
 
SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA CASCAVEL - SEAGRI - comunica que realizará audiência pública, com a finalidade de apresentar à comunidade a "Proposta de REVISÃO DO REGULAMENTO DA FEIRA DO PEQUENO PRODUTOR DE CASCAVEL".
 
1)  OBJETIVO DA AUDIÊNCIA:  Apresentar de forma clara a "Proposta de revisão do regulamento da feira do pequeno produtor  de Cascavel".
 
2)  LOCAL: Auditório da Prefeitura Municipal de Cascavel, Rua Paraná nº 5000, Centro, Cascavel, PR.
 
3)  DATA DA AUDIÊNCIA: 08.07.2013.
 
4)  HORÁRIO: 13:30h às 18:00h (horário de Brasília).
 
5) DAS NORMAS: As normas relativas aos trabalhos da referida Audiência, serão publicadas em documento específico intitulado "Regulamento da Audiência Pública de 08/07/2013", a ser divulgado no site do município e publicado no Diário Oficial do Município de Cascavel.
 
6) DA PROGRAMAÇÃO DA AUDIÊNCIA PÚBLICA
 
HORÁRIO
PROGRAMAÇÃO
13:30
Credenciamento.
14:00
Abertura das atividades e apresentação do regulamento da Audiência.
15:00
Apresentação da proposta.
16:00
Intervalo e inscrição para manifestação verbal
16:30
Início da plenária e abertura dos questionamentos e discussões por ordem de inscrição.
18:00
Encerramento da Audiência.
 
Caso não sejam esgotadas as discussões no tempo determinado, fica definida a data de 18.07.2013 para que se dê o prosseguimento e encerramento da audiência pública.
 
COMDER - CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL DE CASCAVEL, ESTADO DO PARANÁ
Ata nº 82
Aos 28 (vinte e oito) dias do mês de março do ano de 2013 às 14h00min horas o Presidente Valmor Pietsch deu inicio a mais uma Reunião ordinária mensal do COMDER na sala de reuniões do Sindicato Rural de Cascavel.  Inicialmente apresentou material veiculado pela TV Tarobá sobre a Feira do Pequeno Produtor e, alguns presentes que haviam assistido o material, entre os quais Wagner Durães Oliveira e Diócles Castro da Silva, emitiram opiniões sobre o veiculado apontando problemas ocorrentes nesta. Ana Maria Formigueri Lima disse que tem realizado vistorias e acompanhado os feirantes as terças e quintas-feira e tem emitido recomendações aos mesmos. Valmor Pietsch disse que o consumidor é o fiscal. O Secretário Milton Locatelli da AREAC fez a leitura da ata nº 81, sendo a mesma aprovada sem emendas ou ressalvas. O Presidente encaminhou a indicação de Diócles Castro da Silva do Instituto EMATER como Secretário Titular e Celso Rodrigues de Almeida como Suplente, sendo ambos referendados pela plenária. Passou-se a discutir questão do uso de caminhão de transporte leite comodatado a COOPLAF e que o mesmo está sendo utilizado por outra empresa, a Leite Fonte Verde, o que está incorreto segundo o termo de uso assinado entre a COOPLAF e a Prefeitura Municipal. O representante do CDESFA – Conselho de Desenvolvimento do São Francisco Vilmar Alves ficou de comunicar aos diretores da COOPLAF a situação ocorrida, face a sede da mesma situar-se na Colônia São Francisco. Questões levantadas pelo Wagner Durães e Leila Martins Viana da SEAGRI. Ilair Detoni do SPMV/SEAGRI discorreu sobre a atualização do site da Prefeitura  Municipal e inserção do COMDER neste. Valmor recomendou que fossem inseridos neste a diretoria, atas e decretos municipais correlatos. Foi passada a palavra ao representante do CONSEG – Conselho de Segurança Adriano Stradiotto que disse do papel consultivo do mesmo, das ações de segurança desenvolvidas em São João do Oeste, onde apoiam a iniciativa do projeto Vizinho Solidário na comunidade de Cachoeira Alta; nesta comunidade as forças policiais conheceram situação, realizaram reunião com moradores, que vão sinalizar vias de acesso; a associação de moradores vai identificar os mesmos via placas; e o passo seguinte será a instalação de câmaras de monitoramento. Nesta comunidade rural semana após essa discussão a P M já resolveu questão pontual. Falou também do trabalho idêntico no conjunto Verdes Campos onde vizinhos passam a se conhecer, trocam telefones e em qualquer situação anômala acionam apito para informar e ligam ao próximo da lista.  O Presidente do COMDER solicitou assento no CONSEG para representantes do COMDER e foram indicados Leila Martins Viana e Wagner Durães. O CONSEG realiza suas reuniões ordinárias na primeira quarta-feira do mês na sede do SENAC às 19h30min horas. Wagner disse também do exemplo da comunidade São Mateus onde os vizinhos soltam rojões para avisarem-se das anormalidades. Vilmar Alves também relatou furtos que tem ocorrido na Colônia São Francisco. O Representante do CONSEG recomendou que qualquer ação de violência deverá ser encaminhada via Boletim de Ocorrência para conhecimento e ação policial. Isto gera identificação dos locais problemáticos e possível requisição de força policial. Valmor agradeceu a presença e explanações deste. O Presidente do COMTUR e CDL Samuel de Mattos Junior falou das ações desenvolvidas por estas organizações e do turismo rural. Reportando este a EMATER que através de Carlos Roberto Strapasson e Terezinha Barron tem desenvolvido ações nesse sentido. Disse da programação 2013/2014 do COMTUR com roteiros oficiais, crescimento da trade, planejamento estratégico e roteiro oficial no município com pontos específicos. Da necessidade de profissionalizar o turismo na região. Citou casos de turismo rural já com roteiros implantados nos municípios de Nova Aurora, Matelândia, Missal, Capitão Leônidas Marques e Catanduvas. Valmor citou exemplo de Concórdia em Santa Catarina onde um folder com roteiro é fornecido aos visitantes. Citou também que Cascavel era roteiro estadual de turismo. Ama Maria colocou que existem em Cascavel inúmeras cachoeiras e também o lago da Colonia São Francisco e o parque ambiental. Wagner falou das possibilidades de realizar rapel. Ficou de contatar com Tere Barron do EMATER para falar sobre o turismo rural regional. Samuel reforçou a questão de realizar-se um planejamento estratégico nesta área. O Vereador Nei Haverroth citou hotel fazenda no distrito de Rio do Salto. Éder Bublitz da SEAB – Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento informou que o SESC tem projeto de turismo rural e que em Foz do Iguaçu o turismo rural é incipiente com diversos pesque-pagues; que turistas estrangeiros tem frequentado alguns locais; que há necessidade de fomentar essa área com a participação do EMATER com ideia de roteiro buscando agregar renda. Antônio Queiróz da AMIC-Oeste citou exemplo de fazenda de corte e agricultura em roteiro inglês. De criação de ovinos de Álvaro Largura e da própria FINDETEC. Wagner levantou questão relacionada a riqueza da fauna e flora local. Samuel informou da criação de Centro de Informações Turísticas com frente estadual em convenio com a CETTRANS. De reforma no Centro de Convenções e Eventos. Valmorsolicitou que pensemos na criação de roteiro turístico. Álvaro Baccin reforçou questão do planejamento estratégico. Wagner propôs que se realize reunião específica com o SEBRAE sobre o assunto e o Valmor que realizemos reunião extra sobre o planejamento estratégico.  Ana Maria conduziu questões sobre a Feira do Pequeno Produtor. A minuta de lei; as alterações propostas; sobre a reunião realizada por grupo de estudo para discutir a mesma; foi encaminhada cópia aos presentes e deverá ser encaminhada a Câmara de Vereadores. A proposta de lei mexe com a feira e há necessidade de formalizar. Antonio Zaror da FUNDETEC/AGROTEC falou dos cursos que a mesma realiza em parceria com o SENAR e que produtores da feira alegam não ter tempo para participar. Que a FAG também realiza cursos de boas práticas. O Vereador Nei Haverroth levantou questão sobre certificação dos produtores sobre técnicas operacionais. Disse que quer conhecer alei para defende-la. E que é importante que pelo menos uma vez ao ano os produtores passem por reciclagem. Valmordisse que a lei existente é inconstitucional. Márcio Ivan de Oliveira do CREA-Pr falou que a feira é concessão e que por isso é possível cobrar ações. Nádia Taniguti do SEAJUR disse que o município cede espaço. Leila historiou que a feira existe a 20 anos; que a lei é de 2007; que a mesma limita algumas questões; que os feirantes usam espaço público; não possuem alvará de funcionamento; vendem espaços; que a vigilância não tem acesso; não emitem nota do produtor; hoje mais de 50% dos feirantes são urbanos; a lei regula que no mínimo 70% deve ser rural; que possuem uma associação própria que regula os serviços. Antonio Queiróz e Márcio levantaram questão sobre mercado municipal. Detoni falou sobre mercado e falta de estrutura do produtor e do papel da Prefeitura Municipal na fiscalização da feira. Valmor voltou a levantar questão sobre a proposta de lei, seu encaminhamento e recepção da mesma por comissão específica. Antônio Queiróz falou sobre cursos do SENAR na AGROTEC e propôs que haja definição de prazo para análise da lei. Éder discorreu sobre o que ocorre na feira; fato de alguns não serem produtores e propôs que a ADAPAR seja colocada a par da situação da feira. Celso Rodrigues de Almeida do Instituto EMATER sugeriu que a feira voltasse as suas origens; composta de agricultores familiares; com carteiras de afiliação; isto já está na lei. Valmordisse que enviará minuta da lei novamente aos presentes e estes tem 15 dias para sugestões de alteração e após será enviada minuta a Câmara Municipal. Propôs também que envie-se correspondência as entidades participantes para indicarem 1 titular e 1 suplente para a composição do COMDER e que aquelas não participantes, sem justificativas que analise-se a possibilidade de exclusão, bem como aquelas entidades que não realizarem a indicação de membros. Discutiu-se também sobre a Vigilância Sanitária Municipal onde definiu-se que o COMDER enviará correspondência a Secretaria da Saúde buscando informações mais detalhadas sobre sua composição funcional e técnica, bem como a atuação desta. Leila entregou convite e noticiou sobre entrega de patrulha mecanizada para uma associação do Assentamento Santa Terezinha que será realizada no dia 4 de abril as 10 horas no Pátio de Máquinas da SEOP. Recursos da contrapartida repassados pelo COMDER; como também informou sobre futura entrega para o Assentamento Valmir Mota. Valmor informou sobre a Patrulha do Campo; consórcio municipal para adequação de estradas rurais; com profissional acompanhando execução dos trabalhos e buscando integrar estradas às lavouras. Éder disse que a prioridade estadual são as estradas integrantes do Programa Estadual de Gestão de Solos e Águas em Microbacias. E que devemos conscientizar produtores do trabalho e que adotem práticas conservacionistas adequadas. Adequando estradas às lavouras e vice-versa. Sendo aparteado pelo Wagner que propôs envolver agricultores na execução. Leila falou do envolvimento da CODAPAR nas estradas bem como no terraceamento e informou que houveram adequações nas estradas da Jangada Taborda, São Pedro, Colônia Esperança e Chaparral. Repassou pastas específicas de prestação de contas referente aos meses de janeiro e fevereiro de 2013, que ficarão com esta secretaria. Nei Haverroth discorreu sobre questões ambientais observadas na execução de uma estrada. Álvaro ressaltou da necessidade de as estradas a serem adequadas possuírem projeto de engenharia e que o COMDER deve buscar informações sobre o pessoal responsável pela adequação com projeto específico. Queiróz falou sobre empreendedorismo; pequenas agroindústrias; envolvimento dos sindicatos; diretoria para a área rural com a ideia de orientar comercial e juridicamente pequenos empreendedores; que o fórum da pequena empresa já tem representação nacional em Brasília e que é importante buscarmos a reciclagem profissional. Diócles informou sobre o Programa Nacional de Habitação Rural; as ações desenvolvidas pelo EMATER, COHAPAR e PREFEITURA MUNICIPAL e a assinatura de convênio com a Caixa Econômica Federal para a construção de 28 unidades habitacionais, beneficiando 28 pequenos agricultores do município, com subsídio de R$ 27.250,00 para unidade de 46 metros quadrados. Nada mais havendo a tratar o Presidente Valmor Pietsch deu por encerrada a reunião às 16 horas e 11 minutos, agradecendo aos representantes de entidades presentes. Eu, secretário Diócles Castro da Silva lavrei a presente ata que será assinada pelo presidente.