Comitiva objetiva aprofundar relações com Cascavel
22/08/2014 - Comitiva japonesa de Ueda conhece o Município de Cascavel
O prefeito Edgar Bueno, acompanhado de secretários municipais, representantes do Comtur e da Acic (Associação Comercial e Industrial de Cascavel), recepcionou, nesta tarde (22), na sala de reuniões da Prefeitura de Cascavel, uma comitiva de Ueda – Japão. A delegação é composta por 11 empresários japoneses, de vários segmentos (metal metalúrgico, bebidas, biotecnologia, alimentos e agulhas); além de representantes da Prefeitura e da Câmara de Ueda, e dois representantes da CCIBI – PR (Câmara do Comércio e Indústria Brasil Japão do Paraná). A vinda do grupo ao Brasil teve por objetivo aprofundar relações com municípios do Paraná, sendo um deles Cascavel. Durante o encontro, os japoneses puderam conhecer um pouco de Cascavel, com a apresentação de vídeo institucional. Na oportunidade, Keiji Seki, do Departamento de Comércio e Turismo da Prefeitura de Ueda entregou ao prefeito Edgar Bueno algumas lembranças do Japão. Bueno também entregou ao Seki um material Conheça Cascavel e produtos artesanais produzidos na cidade. Durante o encontro, o prefeito assinou um Protocolo de Intenções com o Município de Ueda – Japão para intercâmbio turístico e cultural. “Desse protocolo poderão surgir diversas parcerias. Temos o interesse em conhecer as tecnologias apresentadas. As entidades empresariais e japoneses que residem em Cascavel podem nos ajudem a facilitar um relacionamento comercial com Ueda”, ressaltou o prefeito Edgar Bueno, que aproveitou também para convidar a comitiva a visitar o Show Rural Coopavel 2015. O presidente da CCIBJ (Câmara do Comércio e Indústria Brasil Japão), Yoshiaki Oshiro, ressaltou na reunião que Ueda tem intenção de manter contato comercial na área agrícola. Destacou que Cascavel é uma região agrícola e que o Japão pretende exportar soja, verduras e também desenvolver intercâmbio de autopeças, principalmente para a área da agricultura. Kentaro Matsuyama, que representava a Câmara Municipal de Ueda, frisou que foi importante conhecer um pouco da história de Cascavel, que é uma história de dinamismo e desenvolvimento. “Conhecemos um pouco dessa economia que é Cascavel. Nossa intenção é fazer não só o intercâmbio cultural e turístico, mas também comercial”. Confira aqui os nomes dos empresários que compõem a comitiva.  
Ações são voltadas à indústria, comércio e prestação de serviços
20/08/2014 - Adesão a incentivos fiscais deve ser feita até 30 de setembro
O Município de Cascavel, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, oferece incentivos fiscais às empresas instaladas e a novos empreendimentos do Município, além de realizar ações voltadas aos setores da indústria, comércio e à prestação de serviços. Para aderir aos incentivos, interessados devem protocolar pedido na Secretaria de Desenvolvimento Econômico até o dia 30 de setembro. O Prodec (Programa de Desenvolvimento Econômico) - instituído pela Lei 5.422/2010 - oferece isenção de tributos por dez anos, podendo ser prorrogado por mais cinco anos. O pedido deve ser renovado anualmente. “O objetivo desse programa é fomentar o desenvolvimento socioeconômico do Município, priorizando a geração de empregos e renda. Os empresários devem solicitar esses incentivos, porque dessa forma pode contratar mais trabalhadores”, salienta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian. Incentivos a indústrias - Taxa de Licença para Execução da Obra, após o deferimento da Anuência de Aprovação de Projeto; - IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana); - ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) incidente sobre a construção, após o deferimento da Anuência de Aprovação de Projeto; - Taxa de Licença para Localização do Estabelecimento e renovações anuais, após a instalação da indústria; - Taxa de Licença Sanitária, após a instalação da indústria; - ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) incidente sobre a compra do imóvel pela indústria e destinado à sua instalação, após a emissão da Anuência para Escritura. Incentivos ao comércio e prestação de serviços - Taxa de Licença para Execução da Obra; - IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana); - ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) incidente sobre a construção; - Taxa de Licença para Localização do Estabelecimento e renovações anuais; - Taxa de Licença Sanitária; - ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis). Documentos necessários - Requerimento em Formulário próprio - Ficha Cadastral - Documento do Imóvel ou contrato de locação - Alvará de funcionamento - CNPJ e Inscrição Estadual - CAGED - DFC (Declaração Fisco Contábil) - Contrato Social - CPF, RG, e endereço dos sócios - Certidão Negativa da Prefeitura do Imóvel - Certidão Negativa da Prefeitura da Empresa - IRPJ - Declaração de conhecimento da Lei nº 5.422/2010 Mais informações na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, pelo telefone 3902-1358 ou pelo Portal do Município.  
Fabian apresentou os números do Programa Empresa Fácil
15/08/2014 - Comdec realiza 4ª reunião ordinária do ano
O Comdec (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) realizou, ontem (14), a 4ª reunião ordinária do ano. O encontro contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian, do presidente do Comdec, Maurício Deuner, conselheiros, servidores da Semdec (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), representantes de núcleos industriais, empresários, representantes de entidades de classe e vereadores. Na oportunidade, foi eleita uma Câmara Técnica do Conselho, para fiscalizar as instalações das empresas e outras questões que envolvem os Núcleos Indústrias. Também foi informado aos conselheiros que todos os empresários do Núcleo Industrial Adão Francisco Schwab Gasparovic- Citvel I foram notificados a prestar esclarecimentos sobre o atraso do andamento das obras. Foram informados também que os empresários do Núcleo Industrial Jose Antonio Merlin (Morumbi) foram notificados a apresentarem documentos de suas empresas na Semdec. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian, apresentou os resultados do Programa Empresa Fácil. Até ontem (14), a Sala do Empresário realizou 11.807 atendimentos e expediu 6.534 CNPs. O Programa continua recebendo delegações de outros municípios para conhecer a Sala do Empresário. No início deste mês, recebeu a visita da delegação de Apucarana. Fabian também informou os resultados do Banco do Empreendedor que completou, neste mês, um ano de operações em Cascavel. Até agora já foram liberadas 42 operações de crédito com valor até R$ 15 mil e 90 operações com valor superior a R$ 15 mil, perfazendo um total de R$ 3.428.289,80. PDI Durante a reunião, o diretor da Secretaria de Planejamento e Urbanismo, Adir Tormes, fez uma breve apresentação das obras do PDI (Plano de Desenvolvimento Integrado), relacionadas à mobilidade urbana. Na Avenida Brasil serão implantados novos quiosques, equipamentos de esporte e lazer, brinquedos, academia ao ar livre, espaço para feira itinerante, miniarena, ciclovia, bicicletários, estações de embarque e desembarque de ônibus, canaleta exclusiva de ônibus, entre outros. Ainda serão revitalizadas a Travessa Padre Champagnat, o entorno da Biblioteca Pública, o entorno do calçadão. A revitalização da Avenida Tancredo Neves contará com implantação de ciclovia, bicicletários, pista de caminhada, estação de embarque e desembarque de ônibus, canaleta exclusiva de ônibus, equipamentos de esporte e lazer, brinquedos, academia ao ar livre, entre outros. Na Avenida Barão do Rio Branco será feita implantação de ciclovia, bicicletários, pista de caminhada, estações de embarque e desembarque de ônibus, equipamentos para alongamento, entre outros.  
Reunião debateu a realização de diversos eventos
12/08/2014 - Comtur realiza 7ª reunião ordinária e debate vários assuntos
O Comtur (Conselho Municipal de Turismo) realizou nesta terça-feira (12), às 8 horas, no miniauditório do Centro de Convenções e Eventos, a sétima reunião ordinária deste ano. Dentre os assuntos que foram deliberados estão: projeto PDI/BID, 4º Enduro do Jaku, Motoclube e compra de materiais para o Natal Luz 2014. O secretário de Planejamento e Urbanismo, Alessandro Lopes e o diretor da Seplan, Adir Tormes, explanaram aos conselheiros o PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado), mostraram por meio de um mapa todas as intervenções referentes ao transporte e mobilidade urbana contempladas pelo projeto. Alessandro Lopes também falou sobre a localização do CIT (Centro de Informações Turísticas) e como as modificações serão implantadas. Rodrigo Andrade, do Moto Clube, solicitou apoio para a realização da etapa final da Copa Oeste de Regularidade denominada 4º Enduro do Jaku. O evento será realizado na Linha Velha em Cascavel e contará com 100 pilotos profissionais e também com uma nova categoria, a Trial Turismo, para praticantes iniciantes e sem competição. Durante o encontro, os conselheiros também deliberaram sobre a compra de materiais para o Natal Luz 2014, aprovando a liberação da verba do Fumtur (Fundo Municipal de Turismo) para a decoração. O presidente do Comtur (Conselho Municipal de Turismo de Cascavel), Samoel de Mattos Júnior falou sobre a Fecom (Feira do Comércio) de Cascavel realizada no último final de semana. "A feira atraiu pessoas de mais de 45 municípios e um público de cerca de 50 mil pessoas."  
Aniversário foi comemorado com um bolo, nas instalações do Banco
11/08/2014 - Banco do Empreendedor comemora 1 ano de instalação em Cascavel
Na sexta-feira (8) foi comemorado o aniversário de um ano de instalação do posto do Banco do Empreendedor em Cascavel. O Banco foi implantado pela Prefeitura de Cascavel, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Governo do Estado e Fomento Paraná. O Banco do Empreendedor oferece linhas de crédito a empresários com juros reduzidos, voltadas especialmente a micro e pequenas empresas. Em um ano de funcionamento do Banco do Empreendedor em Cascavel, foram liberados financiamentos que perfazem o valor de R$ 2.838.610,00, sendo 45 financiamentos até R$ 15 mil e 90 operações acima de R$ 15 mil. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian, destacou que o objetivo do banco é incentivar os empreendedores com a oferta de crédito com juros acessíveis, para movimentar a economia local e por consequência incentivar a geração de empregos. “A parceria com o Fomento Paraná é essencial para o sucesso do Programa Empresa Fácil. As agentes de crédito Sandra e Edinéia, que são servidoras do Município, realizam um atendimento personalizado no Banco. As capacitações oferecidas pela Unioeste também contribuem para a consolidação e para a divulgação das linhas de crédito”. Para os proprietários de uma indústria de sorvetes, Tânia e Edson Ferreira Gomes, o financiamento foi importante para expansão dos negócios. “Ajudou na compra de matéria prima, equipamentos e utensílios para a indústria de sorvetes. Contribuiu também na contratação de novos funcionários, expandindo assim o negócio. Valeu à pena fazer o empréstimo, uma vez que a taxa de juros que o Banco do Empreendedor oferece é uma das menores do mercado”, comentaram. A empreendedora Ivanete Kronbauer realizou um curso de massoterapeuta e conseguiu montar a sala de massagens com o financiamento adquirido no Banco do Empreendedor. “O projeto do Fomento Paraná traz excelentes oportunidades para poder realizar os sonhos rapidamente. Em 40 dias, no máximo, concluí todo o projeto, não achei a documentação e os trâmites muito burocráticos. Consegui realizar o projeto, montando a sala de massagem com o conforto e qualidade que desejava”, frisou. Linhas de crédito Por meio do Banco do Empreendedor são oferecidas linhas de crédito a empresários com juros baixos, especialmente voltados às micro e pequenas empresas dos setores industrial, comercial e de serviços. São linhas com juros que variam de 0,55 % a 1.15% ao mês, para financiamentos que variam de R$ 300 a R$ 3,6 mi dentro das regras de financiamento comum. Podem ser financiadas construções, ampliações, reformas ou modernização de empreendimentos, máquinas e equipamentos, veículos utilitários e capital de giro. O Banco também oferece uma linha de crédito especial para taxistas, que tem por objetivo facilitar a renovação da frota de táxis, com financiamentos em até 60 meses, com carência de até 75 dias para iniciar os pagamentos, para veículos com valores até R$ 50 mil.  
Representantes das entidades receberam cópia do acordo
30/07/2014 - Representantes do Município assinam acordo para área de turismo
Representantes das secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico e de Esporte e Lazer participaram, na segunda-feira (28), no Sebrae/PR, da assinatura do “Acordo de Resultados: Cascavel Turismo de Negócios e Eventos”. O evento reuniu empresários e representantes de entidades que, por meio de governança e de um plano de desenvolvimento, trabalham para fortalecer e organizar o segmento de turismo de negócios e eventos na cidade. Assinaram o plano de desenvolvimento representando o Município o responsável pelo Setor de Turismo da Semdec (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Helio Campos da Silva, acompanhado da diretora de Desenvolvimento Econômico da Semdec, Jaqueline Nascimento Lara, a representante da Semel (Secretaria de Esporte e Lazer), Josiane Ghiggi e o presidente do Comtur (Conselho Municipal de Turismo de Cascavel), Samoel de Mattos Júnior . Durante o evento, também foram realizadas apresentações artísticas da Orquestra Paranaense de Viola Caipira da FAG, além da palestra “Cascavel como destino de Negócios e Eventos”. Após a assinatura e divulgação do plano para o segmento de turismo de negócios e eventos foi servido um coquetel pela Rede Empresarial de Turismo de Cascavel. Governança A Governança de Turismo de Negócios e Eventos de Cascavel é composta por 18 entidades: Acic (Associação Comercial e Industrial de Cascavel); Automóvel Clube Cascavel; Comtur (Conselho Municipal de Turismo de Cascavel); Cascavel Convention & Visitors Bureau; Kart Club Cascavel; Moto Clube Cascavel; Paraná Turismo; Rallye Clube Cascavel; Rede Empresarial de Turismo; Sebrae/PR; Secretarias Municipais de Esporte e Lazer e de Desenvolvimento Econômico; Senac; Sesc; Show Rural Coopavel; Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes; Sociedade Rural e Univel.