Empresários, vereadores e colaboradores também participaram
13/05/2014 - Comtur realiza a quarta reunião ordinária deste ano
O Comtur (Conselho Municipal de Turismo) realizou, nesta manhã (13), na Semdec (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), a quarta reunião ordinária deste ano. A pauta foi voltada à manutenção dos itens de segurança do Centro de Convenções e Eventos, quanto a necessidade de esclarecimentos sobre os procedimentos para uso dos recursos do Fumtur, apresentação do Curso de Eventos do Senac e apresentação das ações da Rede Empresarial Projeto Mice do Sebrae. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian, abriu os trabalhos agradecendo a participação ao número expressivo de pessoas entre conselheiros, empresários, vereadores e colaboradores. A diretora de Desenvolvimento Econômico e diretora interina de Turismo e Eventos, Jaqueline Lara, falou sobre a necessidade de esclarecimentos sobre os procedimentos para uso dos recursos do Fumtur pelas Secretaria de Assuntos Jurídicos, Secretaria de Administração/Departamento de Compras, Secretaria de Finanças/Gestão Orçamentária. A consultora do Sebrae, Danieli Clemente Doneda, apresentou as ações realizadas pela Rede Empresarial Projeto Mice e agradeceu a participação de alguns empresários na reunião. O representante do Moto Clube Cascavel, Edilson Berta, agradeceu o apoio para a realização da 2ª Etapa do Campeonato Paranaense de MotoCross e Abertura do Sulbrasileiro nos dias 26 e 27 de abril, em Cascavel. "Sem o apoio da secretaria e do conselho seria praticamente impossível realizar o evento que reuniu cerca de 10 mil pessoas".  
Empresa Fácil comemorou 4 anos de existência
07/05/2014 - Brasmadeira
O Programa Empresa Fácil e a Sala do Empresário comemoraram, hoje (7), quatro anos da implantação em Cascavel. Para marcar o aniversário, representantes das entidades parceiras do programa, secretários municipais, vereadores e servidores da Secretaria de Desenvolvimento Econômico participaram de uma solenidade realizada na Sala do Empresário, no térreo do Paço Municipal. Além de celebrar o aniversário, a Sala do Empresário comemorou a entrega do alvará de número 6.000 a Odete Cauz, que atua no ramo de artesanato há dois anos e agora resolveu formalizar seu negócio. “Espero agora ficar cada vez melhor com minha empresa. Eu vendo bastante produto fora da cidade e agora podendo enviar a nota fiscal fica muito mais fácil”, disse. A Sala do Empresário dá atendimento a micro e pequenas empresas, favorecendo o empreendedor individual. O espaço foi inaugurado no dia 6 de maio de 2010, com o objetivo de agilizar o processo de formalização de empresas, em sua maioria de fundo de quintal. “Já realizamos 10.066 atendimentos por meio da Sala do Empresário, sendo emitidos mais de 6.000 CNPJs. É uma honra estar à frente de um projeto tão importante como esse, para o desenvolvimento do comércio local. A ideia tem apresentado muitos resultados positivos, sendo que vários empresários individuais já migraram para microempresas”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian. Dentre os benefícios oferecidos pela Sala do Empresário, o empreendedor conta com acompanhamento técnico gratuito por três anos e treinamento técnico específico com as 19 entidades parceiras: Sefin, Acic, Amic, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, CDL, Correios, CRC-PR, Fiep, Jucepar, Fecomércio, Sindicato Rural Patronal, Sebrae, Sesc/Senac, Sicoob, Sincovel, Sindilojas,Unioeste e Unipar. “Investir em projetos que favoreçam a formalização de empresas, a geração de emprego e renda é mais um passo que consolida Cascavel como destaque na geração de emprego, como uma das melhores cidades para se investir. Isso tudo é resultado de uma gestão competente, de uma equipe que trabalha seriamente para o desenvolvimento da cidade e para proporcionar melhor qualidade de vida à população”, frisou o vice-prefeito Maurício Theodoro. O prefeito Edgar Bueno destacou o sucesso que o programa Empresa Fácil alcançou. “É um projeto espelho para muitas cidades que nos visitam para buscar experiências. Por meio do programa já formalizamos o dobro de empresas que previa nossa meta inicial. O Empresa Fácil já rendeu dois prêmios do Sebrae, Prefeito Empreendedor, ao Município. É com muito orgulho que comemoramos agora esses números, resultados do empenho e do carinho que todos os envolvidos tem pelo projeto”, ressaltou. A diretora comercial da Sanepar, Emilia Belinati, estava em Cascavel e participou da solenidade, na qual ela destacou a participação das mulheres no ramo empresarial e falou do sucesso do programa Empresa Fácil. “É um programa maravilhoso, que dá apoio, sustentação às empresas; que faz com que os empreendedores comecem seu negócio com a certeza de que dará certo”, disse.  
Matéria está na edição de 30 de abril de 2014
28/04/2014 - Cascavel é a 34ª melhor cidade do Brasil para se investir em negócios
Pesquisa publicada pela Revista Exame identifica as cidades acima de 100 mil habitantes com maior potencial para receber novos empreendimentos Cascavel voltou a ser notícia na mídia nacional, desta vez como a 34ª cidade do Brasil para investir em negócios. A Capital do Oeste Paranaense foi citada na edição de 30 de abril da Revista Exame, na reportagem de capa “As melhores cidades para os negócios”, a qual aponta que “as cidades que se destacam no mundo são competitivas na economia e agradáveis para os moradores, sendo o motor das inovações”. O objetivo do estudo foi identificar os municípios com mais de 100 mil habitantes que têm maior potencial para receber novos empreendimentos. A pesquisa, segundo o prefeito Edgar Bueno, confirma a condição de Cascavel como polo regional e metrópole do futuro. “As grandes empresas e os grandes investidores voltaram suas atenções para Cascavel, pois perceberam o imenso potencial que nossa cidade possui. Nós, enquanto poder público, estamos trabalhando para fazer de Cascavel uma das melhores cidades do Brasil para investir e morar, com características positivas de grandes centros, sem perder a qualidade de vida”. O estudo exclusivo da consultoria Urban Systems divulgado pela revista com as 100 melhores cidades brasileiras inclui dez municípios paranaenses, sendo que Cascavel ocupa a terceira colocação, atrás apenas de Curitiba (3º lugar no estudo) e Maringá (15º). Depois vêm São José dos Pinhais (39º), Londrina (40º), Toledo (49º), Foz do Iguaçu (77º), Ponta Grossa (79º), Umuarama (86º), Araucária (91º). O Paraná lidera na região sul, sendo que Santa Catarina teve oito municípios listados e o Rio Grande do Sul, seis. Para chegar a esses números, a consultoria pesquisou as 300 maiores cidades do País no último semestre. Durante a pesquisa, os técnicos realizaram, segundo a publicação, um exaustivo levantamento dos indicadores dessas cidades em quatro grandes pilares, ou seja, desenvolvimento econômico, desenvolvimento social, infraestrutura e capital humano, analisando 27 indicadores - cada um com um peso conforme a importância - totalizando 34 pontos - chegando-se ao ranking. Destaque na mídia nacional A pujança da Capital do Oeste Paranaense é periodicamente notícia nos principais veículos de comunicação do País nos últimos anos. Em setembro de 2009, a Revista Veja apontou Cascavel como “uma das 20 metrópoles do futuro”. Em maio de 2012, Cascavel foi destaque em matéria publicada no caderno Mercado do Jornal Folha de S. Paulo, como uma das cidades de maior crescimento e geração de emprego no País, polo regional do agronegócio, de serviços de saúde e do ensino superior. No mês de julho de 2011 o Município apareceu na Revista Você S/A como a 70ª melhor cidade do Brasil para se fazer carreira. Em novembro do mesmo ano ganhou o 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria “Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual”. Em março de 2012 Cascavel foi apontada pelo IFGF (Índice Firjan de Gestão Fiscal) como a 3ª cidade do Paraná e a 22ª no País com a melhor em administração do dinheiro público. Em julho de 2013, a Revista Exame citou o Município na reportagem “A riqueza brota das cidades médias no interior do Brasil”.  
Reunião reuniu parceiros do Programa Empresa Fácil
24/04/2014 - Brasmadeira
Parceiros do Programa Empresa Fácil se reuniram, ontem (23), com a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, no miniauditório do Centro de Convenções e Eventos. Na ocasião, foram apresentados os resultados do programa e a grade de capacitações para este ano. Na oportunidade, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian, fez um agradecimento especial, destacando que o sucesso “Empresa Fácil” se deve as parcerias realizadas. “Desde a implantação do programa, em maio de 2010, já foram capacitados mais de 3.000 empreendedores e todas as capacitações realizadas são oferecidas gratuitamente pelos parceiros”. A Sala do Empresário e o Programa Empresa Fácil completarão, no dia 6 de maio, quatro anos de existência. Neste período, foram realizados 8.854 atendimentos, cerca de 6 mil CNPJs foram emitidos, sendo que 272 Empreendedores Individuais já migraram para microempresa. “Mais de 97% das formalizações, em Cascavel, são realizadas por meio da Sala do Empresário. Nossa proposta, por meio do Programa, é oferecer formalização sem burocratização, capacitação e contabilidade gratuita por três anos”, frisou a diretora de Desenvolvimento Econômico e coordenadora do Programa, Jaqueline Lara. No ano de 2013 foram realizados 17 treinamentos, com a participação de 714 empresários. “As capacitações são muito exitosas. Os empreendedores entenderam a necessidade de se capacitar para manter seus negócios e poder crescer. Os parceiros do programa além de oferecerem as capacitações gratuitas, ofertam treinamentos em suas instituições com valores diferenciados aos empreendedores individuais”, destacou Jaqueline. O coordenador regional da FIEP, Gilberto Bordin, destacou que o sucesso do Programa é sempre destacado nas reuniões de Coordenadorias Regionais e que seu presidente Edson Campagnolo ficou impressionado pelos números apresentados. “O Sistema Fiep sente-se honrado com esta parceria”. Participaram da reunião representantes do Banco do Brasil, Sebrae, Sicoob, Unioeste, Amic, Correios, Fiep/Sesi/Senai/Sesc. São parceiros do Programa: Acic, Amic, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Cdl, Correios, CRC, Fiep/Sesi/Senai, Fomento Paraná, Junta Comercial, Sebrae, Sesc/Senac, Sicoob, Sincovel, Sindicato Rural Patronal, Sindilojas, Unioste, Unipar.  
Reunião ocorreu ontem, na sala anexa ao Centro de Convenções
16/04/2014 - Brasmadeira
O CGM (Comitê Gestor da Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte) realizou ontem (15) a egunda reunião ordinária deste ano, na sala de reuniões anexa ao Centro de Convenções e Eventos. O CGM é composto por representantes de secretarias municipais, entidades de classe, sindicatos, Poder Legislativo, faculdades, instituições financeiras, cooperativas de crédito, Núcleo Regional de Educação, núcleos industriais, Sebrae, IAP e Fundetec. Na abertura dos trabalhos da reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian, agradeceu a presença de todos e em especial da secretária de Finanças, Susana Gasparovic Kasprzak. A coordenadora do CGM, Jaqueline Lara, apresentou o novo consultor do Sebrae e coordenador geral do Programa Cidade Empreendedora Adir Mattioni, que se colocou à disposição de todos os conselheiros e que substituirá a consultora Elizangela Rosa. A diretora apresentou também os resultados do Programa Empresa Fácil e da Sala do Empresário, que até a data de ontem realizou 8.844 atendimentos e formalizou 5.956 empresas. Na sequência da reunião a consultora do Sebrae, Janete Felippe, fez uma breve apresentação dos Grupos Técnicos/Plano de Ação, cobrando resultados dos coordenadores e como resultado ficou marcado uma reunião para o dia 6 de maio com os quatro grupos para dar andamento às ações. Dando sequência na pauta, a gestora do CGM, Cledimara Nunes representante da Sefin, colocou em discussão a regulamentação do Termo de Ciência e Responsabilidade, (Grau de Risco) uma vez que, para que possa ser implantado em Cascavel, é necessária a aprovação dos membros do CGM. Para isso foi dado prazo até o dia 18 de abril para envio de sugestões. A secretária Susana Kasprzak, convidada da reunião para discorrer sobre o atraso na emissão de Alvarás de Licença de Funcionamento e Licença Sanitária, informou que quando assumiu a Sefin em janeiro de 2013, o setor possuía 14 servidores e hoje possui apenas sete, uma vez que os demais se aposentaram. Apesar disso, segundo ela, já houve ampla discussão sobre o assunto com as entidades de classe e o Sincovel, Sescap e CRC e que a Sefin sempre esteve aberta à discussão. Além disso, a secretaria está sempre se ajustando, justamente pela falta de servidores e o que depender da Sefin bem como da Vigilância Sanitária não medirão esforços para atender à comunidade. A secretária Susana informou também que está disponível no Portal do Município o fluxograma com todo os procedimentos para abertura de novas empresas e documentação exigida para emissão de alvará e que muitos dos problemas do alvará não é só da Sefin e sim das demais secretarias ou entidades envolvidas. Informou ainda que está realizando algumas mudanças internas na Sefin, visando a oferecer um melhor atendimento aos contribuintes. Também presente à reunião, a chefe da Vigilância Sanitária do Município, Rosangela Favarin, informou que até junho oito novos fiscais integrarão a equipe da Vigilância, o que tornará muito mais ágil as fiscalizações e, por consequência, a liberação dos alvarás. Também participaram da reunião o presidente do Sincovel (Sindicato dos Contabilistas de Cascavel), Edson Cadini; o diretor da Seplan, Adir Tormes e o delegado do CRC Paraná, Jovane dos Santos Borges.  
Membros do Comtur analisam e votam apoio a projetos
08/04/2014 - Brasmadeira
O Comtur (Conselho Municipal de Turismo) realizou, nesta manhã (8), na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Semdec), a terceira reunião ordinária deste ano. A pauta foi voltada à avaliação da participação dos conselheiros e empresários no 20º Salão Paranaense de Turismo realizado em Curitiba. Também esteve na pauta a apresentação do curso de gastronomia da Univel; a criação do departamento de turismo na Semdec; a autorização para confecção de folders Conheça Cascavel com uma segunda tradução; a autorização para compra de mesas e cadeiras para o Centro de Eventos com verba do Fumtur; a autorização para aquisição de banners e faixas para utilização nos eventos; e solicitação de apoio para a realização da 2ª Etapa do Campeonato Paranaense de Motocross e abertura do Sulbrasileiro nos dias 26 e 27 de abril. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Fabian, abriu os trabalhos agradecendo a presença de todos na reunião e enfatizou que o Comtur tem levado de diversas formas Cascavel para fora do município, mostrando seu potencial. O presidente do Comtur, Samoel de Mattos Júnior ressaltou a importância que projetos ligados ao trade de eventos e negócios em agronegócios e automobilismo sejam apresentados primeiramente à Semdec e posteriormente no conselho e com um prazo não inferior a 40 dias. ”Os projetos precisam estar dentro da lei e no trade turismo e eventos”, complementou. O diretor e professor da Univel, Nilton Nicolau Ferreira e a coordenadora de gastronomia Caroline Lima Zanatta apresentaram o curso de gastronomia e alguns cursos rápidos e específicos que podem ter a participação de funcionários de bares e restaurantes como o de saladas, treinamento de garçons e desvendando os mistérios da carne bovina. Os representantes do Moto Clube Cascavel, Edilson Berta e Rodrigo Alves de Andrade solicitaram apoio para a realização da 2ª Etapa do Campeonato Paranaense de MotoCross e abertura do Sulbrasileiro nos dias 26 e 27 de abril, em Cascavel. A aquisição de mesas e cadeiras para o Centro de Eventos foi aprovada pelos conselheiros, bem como a aquisição de banners e faixas para utilização nos eventos apoiados pela secretaria. O presidente do Comtur parabenizou o novo presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurante e Similares, Luiz Fadaneli, desejando êxito na sua gestão. A participação dos conselheiros e empresários no 20º Salão Paranaense de Turismo em Curitiba foi avaliada positivamente por todas as pessoas presentes na reunião.